A homofobia de regresso ao parlamento

O assunto do dia é a pro­posta do PSD para um refe­rendo sobre a adop­ção de cri­an­ças por casais homos­se­xu­ais. Num país onde os polí­ti­cos não pedem a per­mis­são — e muito menos a opi­nião — dos por­tu­gue­ses para agi­rem em desa­cordo com os pro­gra­mas elei­to­rais que supor­ta­ram a sua elei­ção, não deixa de ser curi­oso este refe­rendo sobre algo que tem a ver com a igual­dade de direi­tos de todos os cidadãos.

Fica aqui a minha posi­ção: com­ple­ta­mente con­tra o refe­rendo, total­mente a favor da adop­ção por casais homos­se­xu­ais. A acon­te­cer este refe­rendo, receio ter que come­çar a olhar com des­dém para mais de 50% das pes­soas com que me cruzo na rua.

Seja Social e Partilhe!
  • Tweet

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: