Novidades?

Já lá vai o tempo em que não se con­se­guiam acom­pa­nhar as novi­da­des na infor­má­tica e na inter­net… De há 4 ou 5 anos para cá, a única “novi­dade” digna desse nome foi a explo­são do Face­book e a alte­ra­ção dos hábi­tos de nave­ga­ção de uma grande parte de uti­li­za­do­res da inter­net. E o balanço, afi­nal, qual é? Bem, cada um fará o seu, mas parece-me que o Face­book con­tri­buiu mais com quan­ti­dade do que com qua­li­dade. Diria mais, o Face­book ( e o Twit­ter tam­bém, já agora), pri­vi­le­giam o post fácil ao artigo pen­sado, o comen­tá­rio incon­se­quente ao debate cons­tru­tivo, etc, etc…

Por­tanto, pela minha parte, o Face­book salda-se por ser um exce­lente e prá­tico orga­ni­za­dor de even­tos e um razoá­vel orga­ni­za­dor de con­tac­tos. Para tudo o mais, tu, que­rido blog, és muito mais interessante.