Através do seu porta-voz, o BCP anunciou ontem a recusa à proposta de fusão apresentada pelo BPI. Para mim, que não percebo nada destas grandes negociatas, o comunicado pareceu-me equilibrado e cauteloso, precavendo possíveis especulações sem, no entanto, fechar a porta a novas negociações.

Fiquei deveras espantado, contudo, quando o porta-voz do BCP, ao ser interrogado sobre o futuro, respondeu que “o futuro a deus pertence”! Imagino que outra frase possível fosse “o futuro está nas mãos de deus”. Para o efeito também funcionaria… Se fosse investidor do BCP estaria muito preocupado.

Comentários

6 Respostas a “BCP e BPI: nas mãos de deus”

  1. Carlos Moura em 1 Novembro, 2007 7:54

    Obrigado pelo blog. Sou leitor frequente a partir de agora. Um abraço.

  2. Helder Sanches em 1 Novembro, 2007 18:45

    Obrigado, Carlos. Também gosto muito de “su casa”. Volte sempre.

  3. João Ribeiro em 1 Novembro, 2007 19:30

    Xi Carlos Moura..membro dos Rational Responders… pelo que eu li do seu blog você é mais inteligente que isso. Não se queira associar ao bronco do “Brian Sapient”…

  4. António Parente em 1 Novembro, 2007 23:49

    Parabéns. Este post, com referência ao Diário Ateísta, saiu hoje no caderno P2 do Público, na secção de blogues.

  5. Blogues em Papel : Helder Sanches em 2 Novembro, 2007 0:03

    […] edição de hoje do “Público“, no caderno P2 (pág. 2), vem transcrito o meu post anterior, com referência ao Diário Ateísta, onde também foi […]

  6. Helder Sanches em 2 Novembro, 2007 0:04

    Obrigado, António. Estava precisamente a escrever sobre isso.

Deixe uma resposta