Debate Interblogues

Já temos o primeiro participante! Para manter uma lista sempre actualizada criei um espaço no topo da barra lateral direita ao qual serão adicionadas as novas participações. Eis a primeira participação:

Tiny Aleph: Devíamos ser todos agnósticos

Para saberes como participar consulta estas indicações.


 
 
 

2 Respostas a “Debate Interblogues”

  1. Steve
    20 Maio, 2007 às 15:56

    Helder… seria 1 boa ideia denunciar o “opus” q elogiou salazar?

  2. Catellius
    21 Maio, 2007 às 04:32

    “Os agnósticos no meio de tudo isso acabam por ser os mais racionais de todos, eles pura e simplesmente decidem que o problema da existência de Deus, Deuses ou entidades divinas é um problema que não tem solução.”

    Claro que haveria solução. Seria possível provar que existe. Bastaria que o deus provasse isso. Provar que não existe é, de fato, impossível. Não posso provar que o Mickey não existe. Mas se eu provar que ele surgiu da mente de um cartunista, por qual razão eu devo ser agnóstico em relação ao camundongo?

    Disney criou o Mickey e o medo da morte criou os deuses, meros acessórios da imortalidade da alma, assunto que de fato é relevante. Existiria o conceito de imortalidade se não tivéssemos medo da morte? Não. Se morremos com nosso corpo - que é o lógico, uma vez que todas características outrora atribuídas à alma, como personalidade, consciência e memória sabemos hoje ser atributos da matéria - há menos sentido ainda em existir um deus, uma vez que ele é inútil para os que estão vivos e estes não viverão após a própria morte para comprová-lo. Então, pela velha e boa Navalha de Ockham, se o mundo é o mesmo com ou sem deuses, a única solução racional é aceitar que ele é uma mera invenção humana.

    Assim sendo, não dá para classificar a postura do agnóstico sequer como racional.

Deixar uma resposta