The Man Who Sued GodO meu post de hoje fica por uma recomendação cinematográfica: “The Man Who Sued God“, filme australiano de 2001, realizado e produzido pelo russo Mark Joffe, com Billy Connolly no principal papel.

Connolly interpreta o papel de Steve Meyers, um advogado desiludido com o sistema e que se havia retirado do activo para se dedicar à pesca. Quando um relâmpago destrói a sua embarcação - o seu único bem - e Steve não consegue receber dinheiro do seguro devido a uma cláusula contratual que exclui “actos de Deus”, ele resolve reinscrever-se como advogado para poder processar deus.
O contra-senso das igrejas é explorado ao máximo, entre outros aspectos, pela indecisão entre se assumirem como representantes de deus e terem que pagar a indemnização ou, para evitarem o pagamento, negarem-se como representantes de deus!

Não me recordo do titulo em português. Contudo, não deve ser difícil de encontrar em clubes de vídeo de qualidade.

Comentários

9 Respostas a “The Man Who Sued God”

  1. Rosario Andrade em 16 Maio, 2007 9:23

    Bom dia
    La em casa o Billy Connolly é o comediante favorito e temos os trabalhos todos dele, incluindo este filme. É brilhante!

    Cptos

  2. Alenônimo em 16 Maio, 2007 21:36

    No Brasi, esse filme se chama Um Homem contra Deus.

  3. Catellius em 16 Maio, 2007 22:51

    Viva Helder!

    Nunca vi esse filme para por aqui. Vou prestar atenção em minha próxima ida à locadora.

    Acabei de publicar um post intitulado “Adiós Carismáticos“. Um trecho:

    A pomba só começou a operar todas as maravilhosas curas, glossolalia e visões proféticas no rebanho católico carismático após os excomungados evangélicos americanos encontrarem uma brecha na lei bíblica - o pentecostes - para inserirem a catarse de seus ritos africanos. Como os cristãos devem analisar os frutos para julgarem a qualidade da árvore - eles para os quais os fins justificam os meios - as cerimônias vodu africanas, plenas de feitiçaria, sacrifícios humanos e orgias sexuais, seriam boas e santas porque permitiram que a pomba voltasse a agir na cristandade.

    Abraços,
    Catellius

  4. Catellius em 16 Maio, 2007 22:52

    Errata:
    Nunca vi esse filme por aqui*

  5. José em 16 Maio, 2007 23:02

    Isto realmente deve ser interessante, já me estou a rir só de pensar como eu escreveria a história do filme, dentro de alguns dias já o devo ter disponivel, espero é não levar mais que uma semana a conseguir ve-lo do principio ao fim, que ultimamente preciso de várias tentativas para ver qualquer filme :)

  6. Steve em 17 Maio, 2007 2:10

    olha q ironia!!! SUED!!! deus ao inverso!!!

    tem outro caso de anagrama!!! Suez e Zeus!

  7. Helder Sanches em 17 Maio, 2007 4:39

    José,

    Imagino que o teu problema seja semelhante ao meu. Ou, realmente, o filme é muito interessante ou adormeço na certa!

    Steve,

    Essa do “sued” e “deus” foi bem apanhada.

  8. adriana em 1 Dezembro, 2007 19:11

    olá, como posso conseguir um dvd deste filme? aqui na minha cidade não tem pra locar, vender, nada, e se eu pedir pra alguém mandar de fora (do país), não terá legendas, então, o que faço?
    grata pela atenção,
    Adriana

  9. Helder Sanches em 2 Dezembro, 2007 5:35

    Adriana,

    Pode ser que algum dos amigos brasileiros que por aqui passam te possa ajudar.

    Podes tentar encomendá-lo aqui mas tem atenção que se trata de um DVD codificado para a zona 2, pelo que o teu leitor de DVD deverá ser compatível.

    Boa sorte.

Deixe uma resposta