• Bem Vindos

    Parente próximo dos macacos, chateia-me que haja quem os tenha na cabeça. Pretendo formar-me em filosofia, música, biologia, matemática e cinema mas, provavelmente, só o farei em 2197.

    Entretanto, vou escrevendo com o principal objectivo de me divertir. Espero que façam o mesmo.

  • Em Português

    • Esquerda Republicana
    • Terra que Gira
    • Não há mal que não se cure
    • Ateísmos.net
    • Que Treta!
    • Clube Cético
    • Diário Ateísta
    • Filosofia Ateísta
    • De Rerum Natura
    • Pugnacitas
    • Palpita-me
    • Tiny Aleph
    • Ass. Comerciantes Bairro Alto
    • Detritus Toxicus
    • Duduziuz
    • Deixem-me Falar
  • Em Inglês

    • Seed Magazine
    • TED - Ideas Worth Spreading
    • Pharyngula
    • Stephen Law
    • Reasic
    • Rationally Speaking
    • Ask the Atheists
    • Atheist Revolution
    • Saint Gasoline
    • Bad Astronomy
    • World Changing
    • The Brights
    • Richard Dawkins
    • Sam Harris
  • Tretas da Web

    Add to Technorati Favorites

    THE BOBs

  • Controlo de Spam

    9,436 spam comments
    blocked by
    Akismet

Os Gideões

Não sei quem são, mas tiveram o descaramento de andar a distribuir propaganda religiosa à porta da escola da minha filha. Já enviei um email para a escola a pedir esclarecimentos. Fica aqui a transcrição:

Exmos. Senhores,

Sou pai e encarregado de educação de uma aluna da E.S. Dona Luísa de Gusmão.
Hoje, 2 de Maio de 2007, a minha filha e educanda chegou a casa com uma publicação com o título “Novo Testamento, Salmos, Provérbios” que lhe terá sido distribuída à porta da escola quando terminou as aulas. Esta publicação religiosa é publicada e, aparentemente, distribuída por uma organização denominada “Os Gideões Internacionais”.
Gostaria que me esclarecessem os seguintes pontos:
1 - Este actividade de descarado proselitismo foi autorizada pela escola?
2 - A escola teve conhecimento desta acção?
3 - Não tendo sido autorizada pela escola e tendo a escola tido conhecimento tomou alguma atitude para suspender esta acção?
4 - Não tendo dado autorização nem tido conhecimento em tempo útil o que poderá a escola fazer no futuro para evitar semelhantes situações no futuro? É intenção da escola protestar junto da supra-citada organização?

Certos de que compreenderão a minha preocupação fico a aguardar uma resposta.

Com os melhores cumprimentos,

Helder Sanches

24 Comentários a “Os Gideões”

  1. Helder, você educou sua filha para ser atéia? sempre tive essa dúvida com relação a criar um filho fora dos moldes cristãos. Como já abordado por você no blog, religião não é necessária para ter moral, mas como sua filha vê a religião?

    desculpe-me entrar numa questão que seja particular e eu até não sei qual a idade de sua filha.

    abraços

  2. Essa carta não vai dar em nada…há coisas já muito enraizadas na sociedade

  3. Devias ter enviado para o “Escola Segura” da PSP.
    Com que então cigarrinhos, devias ter dito que mesmo que a sala não tenha ninguém a fumar fica cheia de fumo, e depois.
    Fica a informação que não morri mas estou a ficar maluco. Dia 30 tenho teste.

  4. Lucas,

    Eu educo a minha filha para ela ser o que ela quiser! Ateia, cristã, muçulmana ou o que quer que ela própria venha a escolher. Só me preocupa que ela seja feliz na escolha que faça.

    Luís,

    Não foi carta, foi email. Se der em nada, seguirá uma carta registada a perguntar o mesmo e o por quê de não me responderem ao email.

    kota,

    Sinto que falta a palavra “mais” algures no teu comentário! Queres tentar adivinhar onde? ;)

    Um abraço.

  5. […] No meu artigo de ontem, o comentador de nome Lucas perguntava-me se eu educo as minhas filhas para serem ateias. É, sem dúvida, uma questão interessante que merece uma resposta mais elaborada do que a que dei na caixa de comentários. […]

  6. Sim, eles têm muito descaramento, mas felizmente parece-me que, tratando-se de uma E.S., não foi um ataque muito gravoso.

    Nunca apanhei com nenhum evangelista nas escolas secundárias que frequentei; foi com grande surpresa que verifiquei que é normal levar com eles dentro do IST - o último lugar onde esperaria encontrar esse tipo de gente!

  7. EESE PAI E UM LOUCO UM ATEU SE ELE QUER IR PRO INFERNO POIS VAI AGORA NÃO PRECISA LEVAR A SUA FILHA JUNTO ELE DEVIA E FICAR AGRADECIDO COM O PRESENTE TEM TANTAS GENTES NA ESCOLA OFERECENDO DROGAS OUTRA COISAS A MAIS
    ELE E DEVIA PEDIR DESCUPAS E PROCURAR O JEITO DE LER A PALAVRA DE DEUS

    GRATO DILSON

  8. Mas porque é que quando escrevem disparates o fazem sempre em maiúsculas?

  9. Parabéns pela iniciativa! Eu não sou ateu mas acho nojentas todas as acções de evangelização! Helder, fico à espera de um post teu a contar qual a resposta da escola. E acho que em caso de não resposta deves enviar a situação para organismos superiores. Hoje uma seita religiosa, amanhã está a tua filha com um burka a servir a Jihad ou a fazer de concubina para um qualquer Charles Mason português! Se calhar é exagero, mas se a escola não está atenta a quem interpela os seus alunos, que segurança poderão ter os pais???

    Dilson, em relação ao teu comentário, acho que devias ter mais cuidado. Não se chama louco às pessoas na própria casa. De certeza que o Helder não vai aos sites das organizações fanático-religiosas às quais provavelmente pertences ofender-te.

    E já agora… acho que o Helder não vai morrer no inferno. A lógica é simples: o Deus é teu, as leis são tuas, o inferno é teu… portanto só um carneiro desse rebanho cristão é que pode ser assado!

  10. PARA o HELDER SANCHES - não é por nada, mas o problema é que quando se fala em Deus, toda a gente fica ofendida, já pensaram que somos nós que deixamos Deus ofendido com o que fazemos diariamente…especialmente quando alguém dá um novo testamento, olha Lucas de certeza que o que te deram era azul, é apena parte da biblia sagrada, e os gideões não são uma seita e não têm qualquer interesse especial em que a tua filha deixe a religião que tem! Apenas se interessam em espalhar a palavra de Deus e que as pessoas se interessem em ler a Biblia Sagrada.
    Pois desde que as pessoas deixaram os principios de Deus este mundo ficou podre e tu se reparares bem que não lê a biblia, e não pede a Deus descernimento torna-se um fanático religioso, ou um daqueles que dizem que Deus não existe como é o caso do Tiago, E eu posso-te provar totalmente o contrário.
    Já agora os gideões não passam os limites legais, e a escola não tem qualquer culpa,nem os pais devem atender a isso como uma ofensa, pois eles estão do lado de fora da escola a oferecer novos testamentos.
    E a policia não pode proibir isso, nem a escola. è a lei.
    mas podes dar muitas graças a Deus em terem sido os Gideão, e não um individuo qualquer com charros, e outras drogas, para que daqui a uns meses tivesses uma prostituta em casa, e ainda por cima seropositiva.
    A própria Biblia diz: analizai tudo e retende o bem. E se tu queres dar uma educação saudavel á tua filha, não lhe mostres a tua raiva nessas coisas, mas sim mostra-lhe a tuaopinião, deixando-a escolher o seu caminho, deves explicar todas as coisas á tua filha, mas tem de ser ela a escolher.
    Se tiveres mais duvidas visita www.ebnezer.no.sapo.pt

  11. Helder,
    Li com bastante compreensão o seu desabafo quanto à invasão da sua liberdade de ser ateu. Este é um direito seu pleno e indiscutível! Não sei a idade da sua fílha, não é mencionada, mas estaria vc, ateu, impondo sua religião atéia à sua filha, impedindo-a de conhecer outra forma de pensamento?

    Fanatismo à parte, e os séculos de atrocidades cometidas em nome de Deus por desequilibrados, por interesses políticos e econômicos, o livro que o levou a tal indignação tem sido o instrumento para levar esperança e transformação a milhões e milhões de pessoas.

    Sou cristã, creio no Jesus desse livro, e sempre que estou diante de um caixão - quer de um ente querido ou até mesmo diante de um desconhecido que perdeu seu ente querido - o mundo não acaba sob meus pés - sinto esperança, sinto confiança e o conforto de saber que há algo mais.

    Em hipótese alguma desejando tal, mas como você suportaria estar diante do caixão de sua filha - a quem tanto ama, demonstrado pelo zelo com que a educa e cria. Com essa questão fundamental e infalível a todo ser humano - a certeza da morte.

    Como você como ateu explica o seu desejo de viver e de apegar-se à vida diante da doença - algo também comum a todo ser humano. Se a sua filha tiver alguma doença e os médicos lhe disserem que não há volta, a que e a quem você se apega?

    Perdoe-me essas considereções, não se destinam a atacá-lo e às suas convicções. Por acaso entrei nesta página, chamou-se a atenção o seu comentário e os demais posicionamentos e fui comovida no meu íntimo pelas argumentações.

    Estava lendo um material a respeito das culturas e do choque quando nos deparamos com outras que julgam o certo e o errado diferente da minha visão cultural. Talvez tudo isso me tenha feito interromper meu trabalho e escrever.

    Siga sendo um bom pai para sua filha como o tem sido até agora. O seu zelo e amor por ela são patentes.

    Um abraço.

  12. Cara Arlete,

    Obrigado pelo seu comentário. O ateísmo não é uma religião. O ateísmo é não acreditar em deuses, logo, não imponho nenhuma religião à minha filha ao protegê-la de qualquer influência religiosa. Quando ela for maior até pode ir para freira se quiser.

    Esse livro de que fala é uma obra de ficção, como tal é apreciado por uns, criticado por outros. A esperança de que fala para mim tem outro nome. Eu não confundo esperança com ilusão.

    O apego à vida é comum a todos os seres vivos, mesmo nas espécies aparentemente mais altruístas, não é característica da espécie humana. Na eventual presença desse quadro de terror que me pede para imaginar, a minha dor seria imensurável por não mais a poder ver, ouvir, sentir, cheirar, acarinhar, beijar, adormecer, acordar, ensinar e amar, entre muitas outras coisas. A dor não existiria por não saber para onde ela iria…

    Você fala na certeza da morte; concordo. As religiões falam da vida depois da morte; discordo. É simples mas faz toda a diferença.

    Volte sempre.

  13. Querida Arlete,

    Não sei como é que o Hélder sabe se é cara ou barata, mas pelo que li do seu comentário, tenho a certeza que é uma querida. Acredita que fez-me lembrar a minha minha mãe, que deus teria se existisse, pois ela pensava exactamente assim.

    A morte não é menos dolorosa para os ateus pelo facto de não acreditarem na vida eterna.

    Quando perdemos alguém que amamos, que conforto é que se pode ter por acreditar que não estanto aqui, talvez possa estar num lugar imaginário?

    Imagine por momentos que é minha mãe, e que como boa cristã que parece ser, quando morrer vai naturalmente ter o seu lugar no paraiso, tal como Jesus prometeu.
    Mais um esforço e imagine que eu sou seu filho, ateu convicto, que nega a existência de deus, e que acha que mesmo que ele existisse, continuaria a não querer nada com ele.
    Tal como a religião do livro afirma, analogamente, eu quando morrer vou ter o meu cantinho reservado no inferno.

    Agora diga-me qual é a mãe, (por ex., o caso da minha) que não tendo contribuido em nada para as minhas convicções ateistas, poderia suportar a sua vida eterna ao lado de Jesus no paraiso, sabendo que o seu filho se encontra um pouco mais ao lado a servir de grelhado eterno?

    Não lhe parece, que esta situação carece de uma total falta de lógica e sentido de justiça e que a única solução é aceitar que de facto a morte é o fim, por muito que nos custe aceitar a perca de alguém?

  14. Eis o meu comentário…

    “DISSE o néscio no seu coração: Não há Deus. Têm-se corrompido, fazem-se abomináveis em suas obras, não há ninguém que faça o bem.”
    Salmos 14:1

    “… nos quais o deus deste século (Satanás) cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho de Cristo, que a imagem de Deus.” 2 Coríntios 4.4

    O Senhor lhes abrirá os olhos!

    Ele vos abençoe…

    MarVin

  15. Obrigado Marcus,

    Que o Senhor, seu pai e sua mamãe estejam consigo também. Aleluia!

  16. olha helder o pai ele tem que ser protetor, provedor e acima de tudo ele tem que ser um sarcedote da familia, e pelo que vejo você não está sendo nada disso a prova disso é que nimguém precisa lhe conhecer pessoalmente pra saber que éis um homem amargurado, mal amado e com muitos problemas na quilo que você pode chamar de vida, no entanto Deus pela o atributo da oniciênçia ja sabia que ia um dia agir dessa forma, e a sua vida é resultado de um fracasso daquilo que voçê fala e que deixa de crer, só pra você ter uma idéia de quanto isso é sério, lamento por sua filha pois daqui no maximo 10 anos veras o quanto faz falta a aplicação de um ensinamento cristão, porque hoje você inverte os valores, a manhã quando quiseres recuperá já é tarde de mais, mesmo assim DEUS te abençõe.

  17. Amargurado, mal amado, problemas na vida… Das duas, uma: ou você é vidente e eu, obviamente, não acredito nessas coisas ou é psicólogo e precisa fazer reciclagem.

    Conselho gratuito: reze ao seu deus para ser tão feliz quanto eu!

  18. Caro Helder,

    Mesmo as suas palavras de indignação pelo fato de um grupo de pessoas estando distribuibdo Biblia que é a regra de pratica e fé de todo ser humano não vai tirar o amor de Deus que tem por você. Ele espera que você leia este livro e que busque a Verdade, pois somente a Verdade te libertará desses pensamentos malígnos que atormenta sua alma. Faça um teste! leia esse livro e verás o poder de Deus fluir na sua vida e de sua família.
    Que Deus o abençõe abundantemente.
    um abraço.
    RBraz

  19. Helder,

    Fique tranquilo! Esse livro, considere-o obra de ficção se quiser, mal algum fará a sua filha. Pelo contrario. Tudo o que o novo testamento prega é o amor. Amor ao próximo e a si mesmo. Tenho certeza que mesmo os ateus crêem na importância do amor ao próximo.

    Você não estaria tão irado se estivessem distribuindo os livros de Harry Potter, estaria?

    Tenho certeza que você acha que deve ensinar a sua filha a examinar tudo e aceitar aquilo que ela acha correto e ter espírito crítico. Ensine-a a ser tolerante a examinar tudo e reter o que é bom.

    Um grande abraço pra você.

  20. Helder,
    Não dá prara competir com a mediocridade.
    Como disse: Chefe Pontiac, Chefe indigena americano: “Eles vieram com uma biblia e sua religião - roubaram nossa terra, esmagaram nosso espiritos………e agora nos dizem que devemos ser agradecidos ao “senhor” por sermos salvos.

    Um grande abraço

  21. Um detalhe… ATEU é aquele que não profere religião, apesar de crer em um ser superior, seja qual for o nome dado a este, portanto ainda crê no intangível; AGNOSTICO é aquele que além de não proferir religião, também não acredita na existência de um ser superior, acreditando apenas no tangível. Só pra esclarecer…

  22. Caro Ike,

    Você está completamente baralhado e quem precisa de se esclarecer é você mesmo.

    Sugiro que pesquise na net os termos “ateísmo” e “agnosticismo” para melhor entender o que os separa e, assim, evitar comentários errados como o que proferiu.

    Um abraço.

  23. Sem jamais querer ofender…
    Qual é o seu medo?
    O livrinho fala de Jesus Cristo, leia-o sem nenhum preconceito, depois discorde do que você quiser.

    Um abraço.

  24. Caro Nailton,

    A resposta à sua pergunta é muito simples: a ignorância e tudo o que ela implica.

Deixe o seu comentário