Para quem me conhece ou acompanha este blog desde o início não é novidade a minha pancada pelos Beatles e, particularmente, por John Lennon.

Nunca me tinha ocorrido o quão humanista (e realista) esta letra é. Sempre tive uma interpretação demasiado baseada no refrão mas, agora que a analiso mais em pormenor, acho que é um excelente exemplo de pragmatismo. Fica a letra e o vídeo da representação inglesa na primeira emissão da Mundovisão.

All You Need Is Love

Love, Love, Love.
Love, Love, Love.
Love, Love, Love.

There’s nothing you can do that can’t be done.
Nothing you can sing that can’t be sung.
Nothing you can say but you can learn how to play the game.
It’s easy.

Nothing you can make that can’t be made.
No one you can save that can’t be saved.
Nothing you can do but you can learn how to be you in time.
It’s easy.

All you need is love.
All you need is love.
All you need is love, love.
Love is all you need.

All you need is love.
All you need is love.
All you need is love, love.
Love is all you need.

Nothing you can know that isn’t known.
Nothing you can see that isn’t shown.
Nowhere you can be that isn’t where you’re meant to be.
It’s easy.

All you need is love.
All you need is love.
All you need is love, love.
Love is all you need.

WPvideo 1.10
All You Need Is Love - The Beatles
03:31
Download do video

Comentários

2 Respostas a “All You Need Is Love”

  1. kota em 14 Abril, 2007 14:18

    Meu, estás numa de flowerpower?
    Estou preocupado contigo, demoraste tanto tempo a “ler” a letra?
    Bem não és o único, a sociedade em geral também nunca a entendeu.

    ALL WE NEED IS LOVE

  2. Helder Sanches em 14 Abril, 2007 17:30

    Sabes que se um gajo passar muito tempo à porta do Palpita-me arrisca-se a levar com uns vapores combustíveis propícios a entrar numa de flower power… ;-)

    Agora a sério, acho que a parte mais flower power é mesmo o refrão. O resto da mensagem é muito mais complexa e interessante.

Deixe uma resposta