Vamos entrar naquela semana em que, no final, se celebra nada mais, nada menos, que o maior embuste da civilização ocidental. Convém, portanto, estar atento.

É a semana em que nos querem fazer crer que um pai sacrificou o seu próprio filho para provar que ele era mesmo o progenitor; que o corpo do filho desapareceu três dias depois porque o pai assim quis; enfim, que o filho fugiu do sepulcro todo nu, uma vez que as roupas com que foi coberto depois de morto estão em exposição em Turim!

Cá por casa, morreu ontem um dos mandarins que as minhas filhas teimam em ter engaiolados. Tive pena que não aguentasse mais uma semana; daríamos apenas por falta dele na gaiola e teríamos a certeza que apenas optara por gozar a Primavera ao ar livre!

(Diário Ateísta/Penso, logo, sou ateu)

Comentários

8 Respostas a “Páscoa… Preparados?”

  1. Luis Pestana em 31 Março, 2007 1:13

    Acho que uma vez me disseste que quando quisesse podia citar o teu blog no meu…mas não custa nada perguntar.

    Vai mais uma?

  2. Helder Sanches em 31 Março, 2007 4:29

    Vai, sim senhor! Força.

  3. Marco Sanches em 31 Março, 2007 17:57

    Caro Helder,

    qual é a sua opinião sobre o livro do Richard Dawkins [ The God Delusion ] ?

    Acabo de adquirí-lo, está em inglês, e gostei muito dos excertos que li.

    Abraço forte !

    Marco Sanches
    Uberlândia - Minas Gerais
    Brasil

  4. Wanderley Veras em 31 Março, 2007 18:14

    Caro Marco Sanches,

    Ouça um concelho:

    Jogue fora o livro de Dawkins e adquira a Bíblia; leia-a; estude-a; ame-a; entenda-a; releia-a; viva-a; ensina-a; defenda-a; elogie-a…

    Seguindo este concelho, é certo, tu irás está ‘adquirindo o conhecimento que te dará vida eterna’ - João 17:3.

    Boa leitura

  5. Helder Sanches em 31 Março, 2007 18:32

    Caro Marco,

    Faça o seguinte: se achar que o conselho do Wanderley tem algum sentido nem vale a pena ler Dawkins. Se, por outro lado, você quer entender os problemas que a mitologia moderna coloca à nossa sociedade no séc. XXI, leia que vai adorar e vai entender melhor porque é que a religião não faz sentido no mundo moderno.

    Confesso, contudo, que ainda não li o livro na totalidade, mas o que já li é suficiente para o recomendar.

    Um abraço.

  6. Marco Sanches em 31 Março, 2007 20:42

    Caro Wanderley,

    agradeço sinceramente por ter me dado tão nobre conselho, mas eu sempre fui uma pessoa que ama a ciência, que ama a liberdade de pensar, que busca a essência da vida.

    Conheço a Bíblia. Entretanto, ainda que desde criança eu tenha recebido toda a carga costumeira de imposições culturais que a sociedade lega quando o assunto é religião, nunca fui convencido de que haveria fundamento em toda a trama a mim apresentada.

    Sam Harris definiu com perfeição a questão que sempre me chamou a atenção : o fato de todos nós nascermos ateus, sem nenhuma crença pré-definida. Dentro da definição de Harris [ cuja obra nunca li, apenas vi um comentário aqui no site ], eu sou um ateu natural.

    Apenas estou investigando as razões pelas quais eu penso como ateu, e vejo que existem pessoas muito inteligentes que estudaram o assunto em profundidade.

    A você, os meus parabéns por defender seu ponto de vista, mas lhe digo que não somos da mesma opinião quanto a ter uma religião.

    Abraços !!!

  7. Marco Sanches em 31 Março, 2007 20:58

    Caro Helder,

    bacana, então você está lendo o livro de Dawkins !!!

    Como eu disse no comentário anterior, em resposta ao amigo Wanderley Veras, sou um ateu natural.

    Na seqüência, irei ler os livros de Sam Harris, pouco a pouco irei montando minha biblioteca sobre ateísmo.

    É um modo interessante de formalizar e aperfeiçoar meu conhecimento, uma vez que minhas bases são mais em função de ciência, de raciocínios mais simples de minha parte, e que precisam de um refinamento maior fundamentado em estudos filosóficos e mais detalhados.

    Sam Harris me fez lembrar de uma velha pergunta que eu sempre fiz a mim mesmo : uma pessoa que nunca tivesse tido contato com o assunto religião, iria, um belo dia, criar um deus ?

    É isso !

    Abraço forte !!!

    Marco Sanches

  8. Eva em 1 Abril, 2007 15:52

    Caro Wanderley:

    Olá,sou a primeira “mala”da grande lista de “malas” que saem na Biblia.
    Teve uma educaçao ultracatólica, lim a Biblia, e dizer sei do que falo…..afortunadamente agora sou livre e ateia, agora pergunto eu…..por que é tam importante para ti ter uma “vida eterna”?

    O concepto de vida eterna foi um plagio mais da igrexa católica,vc ja é eterno, vc é agua, vc émateria,tudo estava aquí desdeo começo do planeta ,e aquí vai ficar …a fume de caroço por a via lactea…..deixa-te da Biblia, livro censurado por generaçoes e generaçoes de inquisidores misogenos, homófobos e genófovos….e por certo a mulher de Lot fixo bem,igual que eu…a obediencia a cegas nom é um paraisso,como tampouco é bom fuxir sem botar a vista atras…isso é a metáfora da perda da memoria histórica..grande erro humano…

Deixe uma resposta