Foi - finalmente - traduzido para português e editado por cá o já clássico The End of Faith, de Sam Harris. Lamentavelmente, o editor nacional (Tinta da China) optou pela estratégia mais simples, mas que neste país parece ser a única disponível. Uma capa tipo romance de cordel com pretos e vermelhos fortes, quiçá para acordar as imagens recalcadas do Inferno de Dante, e cria uma frase soberba para a bandeira do canto superior direito: “O Livro Negro da Religião”!

Claro que se esqueceram de colocar na capa, como acontece em muitas edições no estrangeiro, a simples frase “The New York Times Bestseller”. Tudo a bem, claro está, da credibilidade desta obra…

Comentários

4 Respostas a “O (estranho) Fim da Fé”

  1. Antonio em 28 Março, 2007 21:30

    Penso que esse é um problema não só deste livro e do tema em si mas sim da maneira como se fazem traduções de titulos, sejam eles do que forem, em Portugal. Penso mesmo que uma boa tradução hoje em dia é a excepção à regra e não a regra em si, infelismente.

  2. Bruno Resende em 28 Março, 2007 23:31

    Viva!!

    Acabei de chegar a casa com esse livro!!

    Já o tinha em inglês, como vi a tradução em português, resolvi comprar e ler outra vez, agora em língua diferente! Desta editora recomendo também o livro de Giordano Bruno!

    Cumprimentos,
    Bruno Resene

  3. Joaquim Silva em 14 Abril, 2007 7:30

    Estou a ler este livro e a gostar, sendo que a tradução está excelente. A capa aqui apresentada não corresponde à capa do livro. Tambem acho que pôr “The New York Times Bestseller” na capa não era grande tradução e seria demasido fácil.

  4. Helder Sanches em 14 Abril, 2007 7:36

    Pois não, a capa aqui apresentada é a da edição original. O banner a vermelho e preto é que reflecte as opções da capa escolhida para a edição portuguesa.
    Seguramente que a opção de cores, fonte e texto da bandeira (”O livro negro da religião” ) não ajudam a colocar este livro no patamar de credibilidade que ele merece.

Deixe uma resposta