Finalmente, um representante no Congresso dos Estados Unidos assume não acreditar em qualquer deus!

Pete Stark, um dos representantes da Califórnia no Congresso, assumiu esta semana publicamente o seu ateísmo. Esperemos que a sua coragem sirva de exemplo a outros que são reféns do sucesso eleitoral e não têm tido a mesma postura. Recordo que assumir uma posição contrária à crença em deus é considerado suicídio politico nos Estados Unidos.

Veremos se Stark se trata de um caso isolado, fruto do seu eleitorado ser dos menos conservadores em todos os Estados Unidos, ou se a coragem é contagiante. De qualquer forma, por muito ténue que seja, é uma ponto de luz ao fundo do túnel.

Para saber mais, ler aqui.

(Diário Ateísta/Penso, logo, sou ateu)

Comentários

5 Respostas a “Pete Stark quebra tabu”

  1. Luis Pestana em 27 Março, 2007 20:51

    Sempre é um começo

  2. Kota em 27 Março, 2007 23:17

    Na idade dele o suicídio politico também já é aceitável.

  3. Luis Pestana em 28 Março, 2007 11:27

    Eheheh…que maldade…mas é a verdade

  4. Carlos B em 28 Março, 2007 19:43

    Já deve estar a pensar na reforma

  5. Helder Sanches em 29 Março, 2007 13:00

    Parece é que apesar da idade tem mais lucidez que os outros todos mais novos.

Deixe uma resposta