Expressões Idiomáticas Religiosas

Tenho o mau hábito de “apanhar” com facilidade expressões idiomáticas das pessoas com quem mais contacto. Isto não tem nada de mal, claro, mas ao fim de uns anos a ouvir “oh, meu deus”, “nossa senhora”, “santinho”, “valha-me deus”, “graças a deus”, “se deus quiser”, entre muitas outras parvoíces, às vezes ainda me escapam algumas destas aberrações linguísticas entre os dentes, especialmente quando não posso dizer um palavrão.

Fico chateado comigo mesmo quando isso acontece. Não por que o diga com o sentido religioso inerente a cada uma delas, mas por que há sempre alguém por perto que, sabendo que sou ateu, não hesita em apontar-me o deslize.

Por isso, fica aqui a minha resolução em abandonar definitivamente a utilização destas beatices linguísticas. “Santinho” já há algum tempo que passou a ser “Einstein”. Tenho que arranjar substitutos para algumas das outras (não uso todas). Graças a deus…

This entry was posted on Domingo, Março 25th, 2007 at 17:58 and is filed under Ateísmo, Pessoais . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

18 Responses to “ Expressões Idiomáticas Religiosas ”

  1. Luis Pestana diz:

    Disse: “vou escrevendo com o único objectivo de me cruzar com quem discordar”

    Quem concorda pode ir aparecendo tambem?
    ;)

  2. Helder Sanches diz:

    Pode e deve, sempre. ;-)

    Um abraço.

  3. Antonio diz:

    Boas,

    Sendo eu um dos que ironicamente te apanha em flagrante delito ;-) espero que continues a te-los pois as conversas que se seguem são habitualmente muito agradáveis.

    Grande Abraço

  4. Carlos B diz:

    Na minha terra diz-se “santinho” ou “viva”. Eu prefiro o “viva”.

  5. Adriano diz:

    Também não gosto de usar essas expressões e procuro me policiar para não cometer esses deslizes

  6. Steve diz:

    Na Espanha existe as expressões “me cago en dios” e “me cago en la hostia”.. Na Italia temos preciosidadades como “dio porco” “dio cane” “porca madonna” “madonna putana”, “vafanculo dio”

    http://www.youtube.com/watch?v=7cPWWzfDq8o

  7. Juliano diz:

    Acho que os comentários de vocês são uma estupidez.

    Tem que começar a pensar nos resultados que comentários de este tipo podem acarretar.

    Com certeza o fato de não acreditarem em Deus, deve-se a um fracasso próprio, uma insuficiência sexual ou qualquer coisa do gênero, motivo pelo qual decidem colocar a culpa em Deus.

  8. Helder Sanches diz:

    Juliano,

    Descobriste o meu segredo! Foi devido à minha insuficiência sexual que não fui aceite seminário e vi-me obrigado a ser ateu. Que deus te abençoe, garanhão!

  9. Glauco diz:

    eu gosto de usar expressões como ” graças a deus”, ” jesus toma conta”, ” só por deus” na frente dos crentes que sabem que sou ateu, é interessante observar como eles tentam pegar estes ganchos pra tentar me converter a alguma igreja evangelica dizimista!

  10. beatriz diz:

    voces uns tontos por acreditarem nisso !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::p

  11. Jairo Francisco diz:

    Hélder, foste recusado por: Insuficiência sexual ou opção sexual?

  12. Helder Sanches diz:

    Pelas duas coisas, inevitavelmente…

  13. Elisabete diz:

    Então é porque não conhece as expressões evangélicas, só católicas (está mal informado). Aqui vai alguns exemplos de tais “beatisses”: “está amarrado”, “sai capeta”, “manifesta”,”espirito santo”.

  14. Eduardo diz:

    Há também a expressão “o sangue de Jesus tem poder”… Resta apenas verificar se há alguma contaminação por doença venérea nesse sangue…

  15. Meg diz:

    tu gastas energias a tentar desmentir Deus, investe quase td, pa n dizer td, a tentar arranjar um cena minima p pegar e desmenti-lo. sabes o diabo, tb tenta contradizer td o k Deus faz….e no entanto o diabo sabe k Deus é mais forte k ele proprio, dai tentar ludibriar o proprio Deus pa n acreditar Nele!…como podes falar de 1 cena k tens medo de conhecer?! km é k ves se a tua a agua da massa ou do arroz ta salgada, sem a provares?! palavras ocas n fazem viver o homem….o k te faz sentir traido é as tretas tds k as pessoas INVENTAM a k chamam de religiao!!!!Deus n é nada disso…..por isso se te keres revoltar, n te revoltes contra quem n tem culpa…pk 1 dia vais precisar Dele….n te eskeças…

  16. ismael diz:

    Interessante e engraçado.

    Evangélicos tbm usam expressões católicas (Ave Maria! ou Nossa Senhora)…
    Cristãos usam expressões esotéricas (alto astral, baixo astral)

    Então não se preocupe, esse é um problema bem comum.

  17. Louro diz:

    Com algum esforço consegui remover completamente do meu vocabulário as expressões católicas. Todas. E é com orgulho que juro que nunca tenho um deslize nos dias que correm. Substituí-as todas. É fácil. Digo “saúde” se alguém espirra. Digo “caneco” ou “caramba” quando estou impressionado ou irritado. Digo “espero bem que não” quando quero dizer isso mesmo. Só existe uma que desde sempre tem sido o meu calcanhar de Aquiles. “Adeus”. É estupidamente religiosa e praticamente impossível de substituir. O “até mais tarde” parece-se muito com o “Ate já” foleiro da TMN. O “ate à vista” é parolo. O “fica bem” é demasiado informal. Tem-me restado um aceno. Mas quem me vê a acenar interpreta logo como um “adeus” e não há volta a dar. Caneco!

  18. Renato da Silva diz:

    Quando eu era criança, quando eu queria chingar alguma coisa, chamava a de “demônio”. Logo minha mãe me reprendia perguntando se eu queria ver o demônio, pois eu o estava chamando. Parei com isso temendo que um dia eu pudesse me deparar com o “coisa ruim” e acabar descobrindo que ele era real. Da mesma maneira foi com os outros palavrões de minha vida, que, temerariamente, ou por respeito aos outros ao meu redor, parei de usar. Me responda, você vai parar de usar essas expressões por medo de que eles possam ser reais, ou simplesmente por respeito aos que te rodeiam? Só pra você ficar pensando… Deus não vai deixar de existir, só porque você não acredita nele. Garanto que mesmo que, nos últimos segundos de vida, quando você estiver lá no futuro bem velhinho e de cabelos brancos, com toda a sinceridade do seu coração ateu, essas serão suas últimas palavras, “Meu Deus…”



Be the first to comment! Leave a Reply.

-->