Face à mudança de estratégia ou, melhor dizendo, ao início de uma estratégia para este blog, convém talvez explicar algumas directrizes pelas quais o conteúdo do mesmo se irá pautar. Estes serão os pressupostos e quem não concordar com eles pode, desde já, passar a visitar, em opção, os sites listados no final deste texto.

Deus não existe
É tão claro para mim como a mais pura das águas! Não esperem encontrar aqui refutações lógicas, científicas ou filosóficas à existência de Deus. Seria uma perca de tempo… Cabe a quem acreditar no contrário prestar provas da sua existência. Afinal, é assim que se processa todo o raciocínio em todas as outras matérias. Se alguém quiser provar a existência de algo cabe apenas a esse alguém o ónus da prova. Nada existe apenas porque alguém acredita nem a prova de existência seja do que for se baseia em contagens democráticas.

A Religião empecilha o desenvolvimento
Os falsos conceitos de moralidade e princípios impostos pelas diversas religiões são um empecilho para o desenvolvimento das sociedades. Os diversos dogmas apenas servem para atrasar o desenvolvimento e progresso da ciência em particular e da condição humana em geral.

As Religiões são maléficas
Nas sociedades actuais a utilidade das religiões é maléfica. A divisão entre povos, guerras e ódios são, hoje em dia como no passado, estimulados pelas diferenças religiosas. Se nuns caso a religião se apresenta como a razão de ser de todas as coisas, noutros é utilizada pelos governantes como pretexto para decisões de índole politica e económica.

Todos somos Ateus
A definição de Ateu diz que “é todo aquele que não acredita na existência de qualquer deus ou deuses”. No entanto, todos os crentes são ateus em relação ao(s) deus(es) das outras religiões! No caso de você ser crente e professar uma religião – católica, muçulmana, hindu, etc – só precisa de juntar mais uma divindade à lista das que não acredita para ficar exactamente na mesma posição que eu!

E, conforme prometido, se acha que este blog é demasiado chocante para as suas sensibilidades religiosas, sugiro que passe a visitar os seguintes sites:

Vaticano

Santuário de Fátima

Islam World

BuddhaNet

The Hindu Universe